Trechos da minha impaciência – X

21 de novembro de 2018 2 Comentários

Sou um receptáculo d’alguma consciência anciã. Receio, na maioria das vezes, considerando a linha do tempo e o sortilégio dos sulcos no meu rosto, que não consigo ser entendido no propósito das minhas intenções: razão da minha insônia. Quando amanhece ( de novo ), tenho que dar conta da vida, ou d’um inferno…

O sono nem sempre me corteja e quando resolve aparecer, parece um bônus social ( gosto de tratá-lo assim ) porque me livra de todas as palavras que me levam à inquisição. Ou escrevo ou insônia!

O que desejo é que este oráculo parasita perceba de uma vez por todas que eu sou apenas uma besta quadrada ao cubo ou; um ignorante catedrático. Tenho barbas brancas e uma única exigência: um estudo científico beeemmm demorado e paz. Embora tema o resultado. Posso descobrir que sou um maldito artifício d’algum buraco d’onde o velho ancião espia.

Ou isso ou… insônia!

 

 

 

 


2 Comentários para Trechos da minha impaciência – X:

  1. Lucas Ávila disse:

    É, meu caro. Não é fácil mas é queijo, dizia uma senhora lambendo sabão.

    1. hangferrero disse:

      Das melhores devolutivas que recebi hahaha. Execelente tua presença aqui, meu nobre.

Deixe uma resposta