Gratidão!

28 de junho de 2017 Nenhum Comentário

As coisas vem mudando, devagarinho, mas de maneira relevante se pensarmos que não temos predisposição para apoiar as grandes mudanças, enquanto adultos.

O comum é fazermos uso do que já foi experienciado e não ficarmos alheios aos tropeços, que na jornada da vida, podem nos dar um atraso…

Para a nossa sorte, temos um instrumento que nunca nos abandonou apesar do nosso ‘desamor’, do olhar desconfiado: a cultura. Esta, vem se mostrando aliada dos processos de discussão, quando alheios ao desconforto social a que estamos sendo submetidos neste ponto da história.

A literatura, a música, o teatro, a dança, as artes visuais; vem cada vez mais se apropriando das necessidades da ‘mensagem’, abrindo os nossos olhos à beleza das possibilidades humanas e relacionando atitude de enfrentamento ao engodo e à barbárie que os regimes de contenção social aplicam todos os dias.

É correto afirmar que os ‘culturantes’ são a resistência, mas é também certo dizer que por conta dessa ‘gene transgressor’, não existe o risco de passarem despercebidos e agora, acolhidos, como a grande descoberta.
Senhoras e senhores, um brinde à cultura! Eurekaaa!!!

 

 


Deixe uma resposta