Casa de Ferrero

10 de fevereiro de 2020 1 Comentário

Oi Hang, boooa noite. Tudo bem?

Passando para te parabenizar pela linda noite que você nos proprorciono ontem.
Me encantei e me emocionei com seu maravilhoso espetáculo.

Aliás, claro que tem um porquê se chamar “Casa de Ferrero espetos de pau”. Mas… Você sabe que eu discordo do título!

Para mim deveria ser: “Casa de Ferrero espetos de ouro”. Você, criatura linda, conseguiu abstrair da vida a mais pura poesia e com ela que já estava na sua essência, lá desde menino, conseguiu superar as adversidades da vida e, no presente, nos presentear com tão belas palavras e assim… transformando sua poesia na mais bela pepita de ouro.

Obrigada pelo carinho, nas lindas dedicatórias nos livros.

“Aos pés do Monte Mor” ( livro de poesia de Hang Ferrero ); já devorei e isso vem reforçar ainda mais a minha ideia de que teu espetáculo deveria se chamar “Casa de Ferrero… espetos de ouro”. Amei!

Querido, um grande abraço e um beijo no teu coração.

 

Rose Spindola, escritora e artista plástica


1 Comentário para Casa de Ferrero:

  1. estevamweb disse:

    Que bela homenagem em palavras….

Deixe uma resposta