Sutilezas XXXII

19 de fevereiro de 2019 2 Comentários

Não existem paredes, imaginação é campo. A consciência da plenitude sensorial é estética e resulta em poesia. De que outra maneira teríamos manifestações descritivas da percepção?


2 Comentários para Sutilezas XXXII:

  1. estevamweb disse:

    Infelizmente, vivemos numa realidade em que muitos acham que a razão tem esta resposta por si só…

    1. hangadmin disse:

      De fato… os sabedores das coisas todas são necessários mas, chatos pra caramba hehehe. Prefiro andar por aí, acompanhado do absurdo, para o prazeroso fazer poético e assim, tirar um tantinho os pés da realidade.

      Forte abraço, amigo.

Deixe uma resposta