Sutilezas XX

6 de janeiro de 2018 10 Comentários

como quem estende a vida sobre o mar, eu vejo e é brisa.
fecho os olhos e tenho a língua do vento, o beijo.
neste lugar a beleza é espírito e vejo e toco toda coisa.
eu tenho os pés limpos, me sinto leve e aponto o céu.
sou conduzido à ventania, soberana.
minh’alma voa, minh’alma é pipa e por isso eu sinto; eu sinto…


10 Comentários para Sutilezas XX:

  1. vileite disse:

    O sentir é muito lindo…

    1. hangadmin disse:

      Sempre de olhos fechados, aproveita-se mais…outros sentidos… Obrigado vi 🙂

  2. Emanuelle baki disse:

    bela poesia!!

    1. hangadmin disse:

      Gratidão, sempre…

  3. Ai, ai…eu também senti, poeta.

    1. hangadmin disse:

      Francine querida… Feliz da vida por vc aqui… Sentimos…

  4. estevamweb disse:

    Belo jogo de palavras e de imagens associadas. Tu moras no Rio de Janeiro?

    1. hangadmin disse:

      Olá Estevam, desculpe a demora viu? Moro em Santa Catarina e tenho uma paixão ( bem usual rsrs ) pelo RJ.

      Agradeço a tua delicadeza com o meu trabalho…

  5. Bia Perez disse:

    Também minh’alma voa… muito. Abraços

    1. hangadmin disse:

      Somos então, pipas Bia… Gratidão viu?

Deixe uma resposta