Sabe?

12 de fevereiro de 2018 6 Comentários

aquela forma
forjada de ritmo
cheiro de montanha e blues
atravessou o que antes
parecia parede
deixou sopros e transparências
no lugar das minhas distâncias
e tudo com muito cuidado
levou cada suspiro meu
sabe o medo? não foi
um quê de arrepio
de adormecer a boca
se foi frio ou calor?
não sei dizer…
tava mais pr’a rupturas
já que voz não tinha
mais pr’a sussuros
e por entre os dedos
estes gemiam
por entre os ecos
das nossas digitais
sabe o medo? quem dera…


6 Comentários para Sabe?:

  1. Tiel disse:

    Sabe o medo? Quem dera…
    Medo superado?

    1. hangadmin disse:

      Só do ponto de vista poético rsrsrs. Amor e batimento fora do ritmo andam de mãos dadas não é mesmo?
      Forte abraço caro amigo…

  2. Gostei! Parabéns!! 👏👏👏

    1. hangadmin disse:

      Ficou bacana mesmo né Oneida? Das coisas que mais gostei de escrever…Bj grande.

  3. LUCIANA MARI MENDONCA disse:

    Linda poesia! Mais uma…linda, linda!

    1. hangadmin disse:

      Ficou legal mesmo né? Fiquei absurdamente feliz por ter escrito isso… Gratidão Lu, mil bjs

Deixe uma resposta