O senhor das chuvas

13 de novembro de 2019 2 Comentários

os dias tem transcorrido sob a batuta da suavidade. pedro, o senhor das chuvas, tem manifestado alegorias defronte à nossa janela. sabemos ser coisa dele por conta do presente que nos confiou: a coisa do vislumbre; seres alados cantantes, redemoinhos bem coreografados e folhinhas cintilantes, mesmo à pouca luz dos dias cinzentos; um mimo cravado nas nossas retinas. por isso a euforia, aparenta solitária, mas a ideia é de contágio. parecemos bobos mas, por sermos vistos, divertidos, na chuva. tem sido coisa bem nossa. é que, quando em casa, temos a janela de pedro.


2 Comentários para O senhor das chuvas:

  1. Nas ruas ou em casa, sempre apreciando.
    Abraço Hang!

    1. hangadmin disse:

      agradeço o zelo, o alimento à amizade querido amigo.
      abraço odillon.

Deixe uma resposta