Resistência

9 de outubro de 2019 1 Comentário

um dia qualquer
pra desistir abrupta
não fosse aquela
uma ideia atípica
um jeito torto
ou insônia etílica
um pesar agudo
de uma mágoa cínica
representa a mínima
reflexiva mágica
demasiada simples
cabeça histriônica
não fosse a arte
ater-se atônita
morreria no palco
a sorrir sardônica
o peito ignorando
a vida bucólica
tristeza invisível
por detrás da máscara
disseram previsível
ela era enfática
até quando suportaria
aquele estampa anárquica?

quando foi que morremos pra luta? nunca!


1 Comentário para Resistência:

  1. estevamweb disse:

    Muito bem dito,,, reedito… nunca…

Deixe uma resposta