Plic! Plic!

28 de novembro de 2019 Nenhum Comentário

gosto da chuva, de um jeito peixoresco. sei bem por respirar debaixo d’água e conversar à língua molhada. caem, as gotas, afeitas aos tresloucos de artifício, pra deixar o mar o maior barato, moras? os peixes, moram!
gosto da chuva, como gosto dos peixes: no mar; este, sempre sequinho por chuva. e os peixes? se riem à língua molhada; caiu aqui, é pra se molhar.


Deixe uma resposta