Diário de Bordo ‘Casa de Ferrero Espetos de Pau’ – Teatro Municipal Bruno Nitz, Balneário Camboriú SC

7 de janeiro de 2019 Nenhum Comentário

Ontem, 06 de janeiro, dia de Santo Rei, foi mais um daqueles dias que aproximamos ideias e ideais. A poesia a serviço da respiração, do toque, da saudade e da paixão da própria história humana.

Todo o espetáculo foi interpretado em LIBRAS, promovendo a inclusão, a acessibilidade.

Reforçamos a reflexão, reunimos os iguais, enaltecendo as diferenças que nos tornam tão… humanos.

“Eu chorei, sorri, fiquei com raiva, senti, me vi criança e depois me vi com 35 anos… Hang, isso não se faz”.

Dito isto por um nobre espectador, asseguro-lhes:

Poetas e cardiologistas têm opinião contrária quanto à dor do coração, mas não se contrapõem à ideia de que todos temos um.

Hang Ferrero


Deixe uma resposta