Hang Ferrero, nascido em Laguna, de Anita Garibaldi, das águas por todos os lados e toda monta de seres do imaginário nativo; acredita que por conta dessa atmosfera providencial, tenha alimentado a verve poética.

Imagem Hang

Últimos poemas

11 setembro, 2019

Rarefeito

uma crepitante armadura frágil teto ao pé direito tal coluna aramada qual sopro num peito d‘areia um dia de...


05 setembro, 2019

Rasuras de sassafrás

fui arrancados das urgências, às águas de peônia despertado. hesitante, assustado, incerto; qualquer coisa, de naphtalina inalado?   quais...