Hang Ferrero, nascido em Laguna, de Anita Garibaldi, das águas por todos os lados e toda monta de seres do imaginário nativo; acredita que por conta dessa atmosfera providencial, tenha alimentado a verve poética.

Imagem Hang

Últimos poemas

19 agosto, 2019

Pipa

pipa pulou duma aquarela feito jacarezinho de parede e já nasceu toda prosa. fez-se de céu de dia inteiro...


06 agosto, 2019

Contra-poema

esta covardia do verbo, que me empurra pra qualquer caminho, pra qualquer hiato, que me amarra à ferrovia: tornozelos...