Hang Ferrero, nascido em Laguna, de Anita Garibaldi, das águas por todos os lados e toda monta de seres do imaginário nativo; acredita que por conta dessa atmosfera providencial, tenha alimentado a verve poética.

Imagem Hang

Últimos poemas

11 fevereiro, 2019

Atmo

um grão . cravo ácido . lâmina e bruxaria do mundo . início do mundo é grão . uma...


06 fevereiro, 2019

Trechos da minha impaciência XIV

essa rouquidão que desacelera a minha teimosia . que debocha apontando um borbulhante e sofisticado líquido em pantomima trajada em longo...